“O OLHO QUE PROTEGE É O MESMO QUE FISCALIZA”: UMA ANÁLISE DA IMPLANTAÇÃO DO HÓRUS EM JUAZEIRO DO NORTE–CE

Karoline da Silva de Siqueira, Francisca Keylane Pereira Gomes, Luana Miriam Alves Pereira, Poliana Moreira de Medeiros Carvalho

Resumo


Várias ações foram tomadas para promover uma Assistência Farmacêutica voltada em assegurar a eficácia e segurança dos medicamentos para o paciente, promovendo a adesão ao tratamento. Possibilitando o rastreamento das drogas, controle e monitoramento de estoque, agendamento da dispensação, surge o Sistema Nacional de Gestão da Assistência Farmacêutica, conhecido como Hórus. Foi analisado a importância da implantação do Hórus e seu impacto na diminuição de possíveis falhas no sistema público. Um estudo descritivo, qualitativo e transversal realizado através de entrevistas por pautas como os pacientes que buscam atendimento na atenção secundária de saúde entre o período de março de 2018 a abril de 2018 na Policlínica Tasso Ribeiro Jereissati, que atende uma quantidade significativa de pacientes, possui vários serviços como atenção especializada em infectologia, Doença Sexualmente Transmissível AIDS, Oftalmologia, Enfermagem, Psicologia, Serviço Social, Acompanhamento Farmacêutico e dispensação de Medicamento. Houve predominância do sexo feminino 54% (27), o percentual de satisfação foi 84% (42), 80% (40) relatam não ter contato com o profissional farmacêutico e a principal melhoria citadas pelos pacientes é 68% (34) que sempre tenha sua medicação. O Hórus poderia aprimora-se no sentido de acompanhamento das atividades de cuidados ao paciente de maneira integral e não apenas em aquisição, distribuição e programação de medicamentos com isso tende a minimizar os problemas relacionados a medicamentos visualizando a melhoria da qualidade da atenção, elaborando estratégia e métodos de trabalho que objetivem o cuidado ao paciente.


Palavras-chave


Uso de Medicamento. Assistência Farmacêutica. Hórus.

Texto completo:

Português Inglês

Referências


Brasil. Lei nº 8.080, de 19 de setembro de 1990.Brasília, DF:Diário Oficial da União;20 de setembro de 1990. [acesso 12 set 2017]. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/L8080.htm

Ramos KM. Análise da implantação do sistema Hórus nos municípios do Estado do Rio Grande do Sul [Internet]. Lume. 2015. [acesso 12 set. 2017]. Disponível em: http:/www.lume.ufrgs.br/handle/10183/130259

Mengue S et al. Pesquisa Nacional sobre Acesso, Utilização e Promoção fazer Uso racional de Medicamentos (PNAUM) métodos de Inquérito domiciliar. Rev. de Saúde Púb. 2017;51 Supl 2:1s-5s. [acesso 2 out 2017]. Disponível em: http://www.redalyc.org/articulo.oa?id=67248914006. DOI:10.1590/S1518-8787.2016050006156

Tavares APM. A importância do Hórus na gestão da assistência farmacêutica no município: Um novo olhar para o farmacêutico no SUS [Internet]. 2017. [acesso 12 set 2017]. Disponível em: http//dspace.bc.uepb.edu.br/jspui/handle/123456789/13554

Oliveira LC, Assis MMA, Barboni AR. Assistência Farmacêutica no Sistema Único de Saúde: da Política Nacional de Medicamentos à Atenção Básica à Saúde. Ciência & Saúde Coletiva ano;15 Supl. 3:3561-7. [acesso 1 out 2017]. Disponível em: http://252fwww.redalyc.org/articulo.oa?id=63017302031. https://doi.org/10.1590/S1413-81232010000900031

Dias KE. A implantação do HÓRUS nas farmácias do SUS: uma proposta de ações para auxiliar esse processo. [Mestrado Profissional em Saúde Pública]. Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca; 2013[acesso 12 set 2017]. Disponível em: http://bases.bireme.br/cgibin/wxislind.exe/iah/o nline/?IsisScript=iah/iah.xis&src=google&base=LILACS〈=p&nextAction=lnk&exp rSearch=745510&indexSearch=ID

Nóbrega AKS, Sousa FEM, Cunha GMN, Cândido JLL, Braga DAO, Vasconcelos LMO. Sistema Hórus: inovação tecnológica na gestão da assistência farmacêutica municipal. Boletim Informativo Geum 2016; 7(3): 34-40. [acesso

set 2017]. Disponível em: https://revistas.ufpi.br/index.php/geum/article/view/5412/3825.

Costa KS, Nascimento Júnior JM. Hórus: inovação tecnológica na assistência farmacêutica no sistema único de saúde. Rev. Saúde Púb. 2012;46(1):91-9. [acesso 12 set 2017]. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php? script=sci_arttext&pid=S003489102012000700013&lng=en&nrm=iso>. https://doi.org/10.1590/S0034-89102012005000063

Leon OMA, Gondim APS. Sistema de informação em saúde utilizadas na rede de atenção psicossocial: um estudo do uso e do perfil de seus usuários nos municípios de Fortaleza [Internet]. 2017. [acesso 2 out 2017]. Disponível em: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/22656

Ministério da Saúde. Secretaria de Ciência, Tecnologia e Insumos Estratégicos Departamento de Assistência Farmacêutica Insumos Estratégicos. Hórus -Sistema Nacional de Gestão da Assistência Farmacêutica. Brasília, DF: Ministério da Saúde, 2014.

Barbosa M, Garcia M, Nascimento R, Reis E, Guerra Junior A, Acurcio F et al. Avaliação da infraestrutura da Assistência Farmacêutica no Sistema Único de Saúde em Minas Gerais. Ciência & Saúde Coletiva [Internet]. 2017 [acesso 2 out 2017];22(8):2475-2486. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/csc/v22n8/1413-8123-csc-22-08-2475.pdf. DOI: 10.1590/1413-81232017228.10952017.

Oliveira NSC, Xavier RMF, Araújo PS. Analise do Perfil de Utilização de Medicamento em uma Unidade de Saúde da Família, Salvador, Bahia, Rev.Ciên.Farma. Básica e Aplic. 2012:33(2):283–9. [acesso 2 jun 2018]. Disponível em:http://servbib.fcfar.unesp.br/seer/index.php/Cien_Farm/article/viewFile/2051/1245

Santin I, Romam Junior WA. Avaliação da Dispensação de Medicamento pelo Sistema Único de Saúde no Município de Vargem – Bahia - Santa Catarina, [acesso 30 maio 2018]. Disponível em: http://wwwrbfarmo.org.br/fil/rbf - 2012-93-2-5.pdf

Brasil. Conselho Nacional de Secretários de Saúde. Assistência Farmacêutica no Sus/Conselho Nacional de Secretários de Saúde. Brasília: CONASS, 2011. 186 p. [acesso 30 maio 2018]. Disponível em: http://www.conass.org.br/coleção2011/livro_7.pdf

IBGE. Juazeiro do Norte [Internet]. 2018. [acesso 30 maio 2018]. Disponível em:




DOI: http://dx.doi.org/10.19095/rec.v8i1.541

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


INDEXAÇÃO

  • LATINDEX: Sistema Regional de Información en Línea para Revistas Científicas de América Latina, el Caribe, España y Portugal
  • REDIB(Red Iberoamericana de Innovación y Conocimiento Científico): é uma plataforma para agregação de conteúdo científico e acadêmico em formato eletrônico produzido no contexto ibero-americano, relacionado a ele em um sentido cultural e social mais amplo e geograficamente não restritivo.
  • GOOGLE SCHOLAR: é uma ferramenta de pesquisa do Google que permite pesquisar em trabalhos acadêmicos, literatura escolar, jornais de universidades e artigos variados.
  • SUMÁRIOS:  Sumários de Revistas Brasileiras (Sumários.org) é uma base indexadora de periódicos científicos brasileiros que busca ampliar a divulgação e o acesso aos periódicos científicos nacionais.