CARACTERIZAÇÃO QUÍMICA E ANÁLISE DA ATIVIDADE ANTIOXIDANTE E ANTIFÚNGICA DO EXTRATO ETANÓLICO DE Amburana cearensis (ALLEMÃO)

Paloma Souza Santana, Henrique Douglas Melo Coutinho, Maynara Rodrigues Cavalcante- Figueredo, Izadora Alencar Nogueira, Marta Maria de França Fonteles, Fernando Gomes Figueredo

Resumo


Amburana cearensis (Allemão) A.C. Smith é uma árvore de caule ereto que possui diversas propriedades medicinais, anti-inflamatória, antibacteriana, antitumoral, antiparasitária, dentre outras. As sementes e a casca da árvore são utilizadas na produção de medicamentos populares destinados ao tratamento de asma, tosses, coqueluche e bronquite. O objetivo deste trabalho foi caracterizar os constituintes químicos presentes nas folhas do extrato etanólico de Amburana cearensis, além de avaliar a atividade antifúngica e antioxidante. A caracterização química foi realizada por Cromatografia Líquida de Alta Eficiência (CLAE). A atividade antifúngica do extrato foi mensurada através da determinação da Concentração Inibitória Mínima (CIM) e um ensaio de microdiluição foi realizado para verificar as interações entre o produto natural e o fluconazol, utilizando uma concentração subinibitória do extrato. O método Ferric Reducing Antioxidant Power (FRAP), in vitro, demostrou a atividade antioxidante da amostra. Foram identificados polifenóis, flavanóides e lactonas, sendo a cumarina (15,08 mg/g), Quecitrina (8,49 mg/g), Quercetina (7,96 mg/g), Isoquercitrina (7,01 mg/g) e Kaempferol (12 7,14 mg/g) os constituintes majoritários. O extrato demostrou atividade antioxidante apresentando resultado de 2,72 mg equivalentes de FeSO4 por grama de extrato. Portanto, o extrato pode ser uma alternativa terapêutica já que possui metabólitos secundários com reconhecida atividade biológica. Novos estudos in vivo são necessários, para melhor definir a atividade biológica de extrato etanólico de folhas de Amburana cearensis.


Palavras-chave


Candida. Etnofarmacologia. Plantas medicinais. Radicais livres.

Texto completo:

Português Inglês

Referências


Leite JPV. Fitoterapia: bases científicas e tecnológicas. São Paulo: E. Atheneu; 2009.

Oliveira RAG. Lima EO. Souza EL. Vieira WL. Freire KRL. Trajano VN. Lima IO. Silva-Filho RN. Interference of Plectranthus amboinicus (Lour.) Spreng essential oil on the anti- Candida activity of some clinically used antifungals. Revista Brasileira de Farmacognosia.2007;17: 90-186.

Mesia-V, S. Santos MT. Souccar C.Lima-Landman MTR. Lapa A J . Solanum paniculatum L.(Jurubeba): Potent inhibitor of gastric acid secretion in mice. Phytomedicine 2002; 9: 14-508-14.

Cunha MCL, Ferreira RA. Aspectos morfológicos da semente e do desenvolvimento da planta jovem de Amburana cearensis (Arr. Cam.) A.C. Smith - Cumaru – Leguminosae Papilionoideae. Rev Bras Sementes 2003 dec;25 (2): 89-96. https://doi.org/10.1590/S0101-31222003000400013.

Bezerra AME, Canuto KM, Silveira ER. Estudo fitoquímico de espécimes jovens de Amburana cearensis AC Smith. Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Química 2005 ;29: 2.

Leal LKAM, Nechio M, Silveira ER, Canuto KM, Fontenele JB, Ribeiro RA, et al. Anti‐inflammatory and smooth muscle relaxant activities of the hydroalcoholic extract and chemical constituents from Amburana cearensis A. C. Smith. Phytotherapy Research: An International Journal Devoted to Pharmacological and Toxicological Evaluation of Natural Product Derivatives 2003 April; 17 (4):335-40. https://doi.org/10.1002/ptr.1139

Huang HC, Lee CR, Weng YI, Lee MC, Lee YT. Vasodilatador effect of scoparone (6,7-dimethoxycoumarin) from a Chinese herb. Eur J Pharmacol 1992 Jul 21;218(1):123-8. DOI: 10.1016/0014-2999(92)90155-w

Adesina SK. Chemical examination of Khaya ivorensis and Khaya senegalensis. Fitoterapia 1983; 54:3-141.

Silveira ER, Pessoa ODL. Constituintes micromoleculares de plantas do nordeste compotencial farmacológico: com dados de RMN 13C. Fortaleza: Expressão Gráfica e Editora; 2005, p.216.

Rodrigues RF, et al. Extração da cumarina a partir das sementes da emburana (Torreseacearensis) utilizando dióxido de carbono supercrítico. Campinas, SP: [s.n.], 2005.

Ribeiro DA, Macêdo DG, Oliveira LGS, Saraiva ME, Oliveira SF, Souza MMA, et al. Potencial terapêutico e uso de plantas medicinais em uma área de Caatinga no estado do Ceará, nordeste do Brasil. Rev. bras. plantas med. 2014 Oct./Dec;16 (4): 912-930. Botucatu. https://doi.org/10.1590/1983-084X/13_059.

Santos PH, Dos Santos IS, Melo VM, Vasconcelos IM, Carvalho ADO, Gomes VM. Partial characterization and antimicrobial activity of peptides from Amburana cearensis seeds against phytopathogenic fungi and yeasts. Acta Physiol Plant 2010 July;32 (3): 597–603. https://doi.org/10.1007/s11738-009-0421-1

Sá MB, Ralph MT, Nascimento DCO, Ramos CS, Barbosa IMS, Sá FB, et al. Phytochemistry and Preliminary Assessment of the Antibacterial Activity of Chloroform Extract of Amburana cearensis (Allemão) AC Sm. Against Klebsiella pneumoniae Carbapenemase-Producing Strains. Evidence-Based

Complementary and Alternative Medicine 2014 Mar;2014(1):1. https://doi.org/10.1155/2014/786586.

Figueredo FG, Ferreira EO, Lucena BFF, Torres CMG, Lucetti DL, Lucetti eCP, et al. Modulation of the Antibiotic Activityby Extracts from Amburana cearensis A. C. Smith and Anadenanthera macrocarpa. Brenan. BioMed Research International 2013;2013:1-15. https://doi.org/10.1155/2013/640682.

Brasileiro BG, Pizziolo VR, Raslan DS, Jamal CM, Silveira D. Antimicrobial and cytotoxic activities screening of some Brazilian medicinal plants used in Governador Valadares district. Rev. Bras. Cienc. Farm. 2006 apr/june;42 (2):195-202. https://doi.org/10.1590/S1516-93322006000200004

Laghari AH, Memon S, Nelofar A, Yasmin A. Determinação de ácidos fenólicos livres e atividade antioxidante dos extratos obtidos a partir de frutos e folhas de Chenopodium album. Food Chem 2011 june;126 (4): 1850-1855. https://doi.org/10.1016/j.foodchem.2010.11.165.

Kumar S, Pooja M, Harika K, Haswitha E, Nagabhushanammag, Vidyavathi N. In-vitro antioxidant activities, total phenolics and flavonoid contents of whole plant of hemidesmusindicus (linn.). Asian J Pharm Clin Res 2013 june;6 (2): 249-51.

Javadpour MM, Juban MM, Lo WCJ, Bishop SM, Alberty JB, Cowell SM, et al. Denovo antimicrobial peptides with low mammalian cell toxicity. J. Med. Chem. 1996 Aug;39 (16): 3107–3113. https://doi.org/10.1021/jm9509410.

Coutinho HDM, Costa JGM, Lima EO, Falcão-silva VS, Siqueira-Júnior JP. Enhancement of the antibiotic activity against a multiresistant Escherichia coli by Menthaarvensis L. and chlorpromazine. Chemotherapy 2008;54(4): 328-30. https://doi.org/10.1159/000151267.

Yunes RA, Pedrosa RC, Cechinel Filho V. Fármacos e fitoterápicos: a necessidade do desenvolvimento da indústria de fitoterápicos e fitofármacos no Brasil. Quím. Nova [online] 2001 Jan/Feb;24 (1): 52-147. São Paulo. https://doi.org/10.1590/S0100-40422001000100025.

Funari CS, Ferro VO. Análise de própolis. Ciênc. Tecnol. Aliment. 2006 Jan/Mar;26 (1): 171-8. Campinas. https://doi.org/10.1590/S0101-20612006000100028

Petrônio MS, Regasinilo, Bolzani VS, Young MCM, Giannini MJM, Silva DHS. Atividade Antifúngica de Ácido Gálico E Seus Ésteres Semi-Sintéticos. Sociedade Brasileira De Química 2008.

Matos FJA. Introdução à Fitoquímica Experimental. 2.ed. Fortaleza: Ed. UFC; 1997.

Esquenazi D, Wigg MD, Miranda MMFS, Rodrigues HM, Tostes JBF, Rozental S, et al. Antimicrobial and antiviral activities of polyphenolics from Cocos nucifera Linn. (Palmae) husk fiber extract. Res Microbiol. 2002 Dec;153(10):647-52. DOI: 10.1016/s0923-2508(02)01377-3

Barreiros ALBS, David JM. Estresse oxidativo: relação entre geração de espécies reativas e defesa do organismo. Quím. Nova 2006 Jan/Feb; 29 (1): 23-113. São Paulo. https://doi.org/10.1590/S0100-40422006000100021.

Okuda T, Yoshiba T, Hatano T. Ellagitannins as activeconstituentsof medicinal plants. Planta Med 1989 Sept;55 (2): 117-22. DOI: 10.1055/s-2006-961902.

Tapiero AL. lmportancia de los metabolitos secundarios de plantas y hongos en las enfermedades de las planta. Revista Corpoica Ciencia y Tecnología Agropecuaria 2001 jul;3(2): 24-30. ISSN-e 0122-8706.

Segato F. Expressão gênica envolvida nos mecanismos de resistência à acriflavina, griseofulvina e terbinafina em fungos filamentosos. São Paulo. Tese (doutorado). Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto. Universidade de São Paulo; 2008.

Siebra ALA. Oliveira LR. Martins AOBPB, Siebra DC. Albuquerque RS. Lemos ICS. Delmondes GA. Tintino SR. Figueredo FG. Costa JGM. Coutinho HDM. Menezes IRA. Felipe CFB. Kerntopf MR. Potentiation of antibiotic activity by Passiflora cincinnata Mast. front of strains Staphylococcus aureus and Escherichia coli. Saudi Journal of Biological Sciences 2018;25: 37-43.

Tintino SR, Guedes, Gláucia MM, Cunha FAB, Santos KKA, et al. Avaliação in vitro da atividade antimicrobiana e moduladora dos extratos etanólico e hexânico de bulbo de Costusarabicus. Bioscience Journal 2013 May/June;29 (3):732-738.

Lopes JC. Cavalcante MR. Santos FA. Aguiar JJS. Matias EFF. Cunha FAB. Coutinho HD. M. Figueredo FG . Caracterização Química e Avaliação da Atividade Antifúngica e Antioxidante do Axtrato Etanólico de Myracrodruon urundeuva ALL. Revista Eletrônica de Ciências Humanas, Saúde e Tecnologia 2019; 7: 111-118.

Figueredo FG. Lima LF. Morais-braga MFB. Tintino SR. Farias PAM. Matias EFF. Costa JGM. Menezes, IRA. Pereira RLS. Coutinho HDM. Cytoprotective Effect of Lygodium venustum Sw. (Lygodiaceae) against Mercurium Chloride Toxicity. Scientifica 2016; 2016:1-5.




DOI: http://dx.doi.org/10.19095/rec.v8i2.892

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


INDEXAÇÃO

  • LATINDEX: Sistema Regional de Información en Línea para Revistas Científicas de América Latina, el Caribe, España y Portugal
  • REDIB(Red Iberoamericana de Innovación y Conocimiento Científico): é uma plataforma para agregação de conteúdo científico e acadêmico em formato eletrônico produzido no contexto ibero-americano, relacionado a ele em um sentido cultural e social mais amplo e geograficamente não restritivo.
  • GOOGLE SCHOLAR: é uma ferramenta de pesquisa do Google que permite pesquisar em trabalhos acadêmicos, literatura escolar, jornais de universidades e artigos variados.
  • SUMÁRIOS:  Sumários de Revistas Brasileiras (Sumários.org) é uma base indexadora de periódicos científicos brasileiros que busca ampliar a divulgação e o acesso aos periódicos científicos nacionais.