AVALIAÇÃO DA AÇÃO ANTIBACTERIANA DAS FOLHAS DE Moringa oleifera Lamark IN NATURA E PROCESSADA

Gabriela de Melo Santos, Ana Carolina Urbano Alencar, José Ramon Alcântara da Silva, Maria Danielle Ramalho, Maria de Fátima Saviano da Silva, Maria Aparecida Muniz Farias, Cícera Gabriela Viana da Silva, Fabíola Fernandes Galvão Rodrigues, Edna Mori

Resumo


A Moringa oleifera Lam. é uma árvore originária da Ásia, pertencente a família Moringaceae, comestível e com muitos usos atribuídos as suas cascas, folhas, sementes, flores, frutos e raízes, sendo vastamente cultivada em muitos países tropicais devido aos seus diversos usos. O objetivo deste trabalho foi avaliar o potencial microbiológico das folhas de Moringa oleifera Lamark na sua forma in natura e processada (pó). Trata-se de uma pesquisa descritiva, exploratória, de caráter experimental com abordagem qualitativa e quantitativa, em que os extratos da planta in natura e em pó foram submetidos a testes microbiológicos (método de microdilução em caldo e modulação). A atividade antimicrobiana dos extratos não foi observada pelo método de microdiluição em caldo, entretanto, foi realizada modulação de dois antimicrobianos com os extratos, (Benzil penicilina procaína + Benzil penicilina potássica 300+100 UI e Gentamicina 40 mg/mL) utilizando Streptococcus mutans e Escherichia coli. Evidenciou-se, com maior precisão durante esse ensaio, que o extrato das folhas em pó de maneira geral se mostrou mais eficiente do que o extrato das folhas in natura.

 


Palavras-chave


Avaliação. Moringa oleifera. Antibacteriano.

Texto completo:

Português Inglês

Referências


Cardoso RC. Atividade antimicrobiana de plantas medicinais utilizadas como cicatrizantes: Aloe vera (babosa) e Chamomilla recutita (Camomila). (Monografia) Faculdade Assis Gurgacz; 2015

Mori T, Ruiz E, Garcia M, Bardales J, Tresierra-Ayala A, Bendayán M, et al. Efecto antimicrobiano de Myrciaria dubia (camu camu)y Cyperus luzulae (piri piri) sobre microorganismos patógenos. Conocimiento amazónico. 2013; 4 (1): 49-57.

Jesus RS, Piana M, Freitas RB, Brum TF, Alves CFS, Belke BV, et al. In vitro antimicrobial and antimycobacterial activity and HPLC–DAD screening of phenolics from Chenopodium ambrosioides L. Brazilian Journal of Microbiology. 2018; 49: 296-302. doi.org/10.1016/j.bjm.2017.02.012

Tonelli M, Geromel MR, Fazio MLS. Ação antimicrobiana de óleos essenciais de sucupira branca (Pterodon emarginatus); folhas de pêssego (Prunus persica); bagas de junipero (Juniperus communis); rosa de damasco (Rosa damascena) e petitgrain mandarina (Citrus deliciosa). Higiene alimentar. Mar/Abr, 2018; 32: 278/279.

Rolim, JC, Nogueira MRS, Lima PRS, Bandeira FCV, Pordeus MAA, Castro AA, et al. Hiperplasia miointimal na artéria ilíaca em coelhos submetidos à angioplastia e tratados com Moringa oleífera. Rev. Col. Bras. Cir. 2016 43 (1) 28-34. 28 Revista do Colégio Brasileiro de Cirurgiões. 2016; 43(1): 028-034 DOI: 10.1590/0100-69912016001007

Souza IFAC. Bioprospecção de actinobactérias endofíticas de folhas de Moringa oleifera Lam. em três localidades do Estado de Pernambuco e avaliação dos metabólitos secundários produzidos por esses microorganismos. (Tese) Recife, Universidade Federal de Pernambuco; 2016

Almeida CBL, Sá CC, Carvalho RCD, Almeida ES. Estudo prospectivo da moringa na indústria de cosméticos. Cadernos de Prospecção, out/dez. 2017; 10 (4):905-918 D.O.I.:http://dx.doi.org/10.9771/cp.v10i4.23060.

Vasconcelos MC. Moringa oleífera Lam: Aspectos morfométricos, fisiológicos e cultivo em gradiente de espaçamento. (Dissertação) São Cristovão, Universidade Federal de Sergipe; 2013

Vieira GF. Determinação de macro e micro nutrientes de frutos de Moringa oleifera Lamark (parede interna e externa da casca) e sementes. (Dissertação) Natal, Universidade Federal do Rio Grande do Norte; 2017.

Nogueira SEM, Andrade MJG, Moura GJB, Santos CAB. Conservação dos recursos naturais. 1 ed. Paulo Afonso: Oxente; 2016.

NCCLS. National Committee for Clinical Laboratory Standards. Metodologia dos Testes de Sensibilidade a Agentes Antimicrobianos por Diluição para Bactéria de Crescimento Aeróbico. Pensilvânia; 2003.

Leonídio ARA, Almeida AMS, Filha LGF, Andrade MA. Atividade antimicrobiana de Moringa oleífera Lam. Revista Gestão & Tecnologia Faculdade Delta. Jan/Jun 2019; 1: 4-15

Feitosa, PRB, Santos TRJ, Santana LCLA. Potencial antimicrobiano de diferentes extratos das folhas Sementes de moringa (moringa oleifera lam). ISTI/SIMTEC. 2018; 9 (1): 116-123. D.O.I.: 10.7198/S2318-3403201800010014

Ferreira GLS, Bezerra LMD, Ribeiro ILA, Morais Junior RCD, Castro RD. Suscetibilidade de microrganismos cariogênicos a fitoconstituintes. Revista Brasileira de Biologia. Nov/2019; 79, (4): 697-702. DOI: https://doi.org/10.1590/1519-6984.189089

Moura MC, Mendonça RA, Paiva PMG, Coelho LCBB. Atividade antibacteriana de preparações de folhas de Moringa oleifera contendo inibidor de tripsina. Revista do Jardim Botânico de Recife (Arrudea), 2015; 1, (1): 012- 018. DOI: http://dx.doi.org/10.2446/arrudea.v1i1.3.




DOI: http://dx.doi.org/10.19095/rec.v8i2.898

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


INDEXAÇÃO

  • LATINDEX: Sistema Regional de Información en Línea para Revistas Científicas de América Latina, el Caribe, España y Portugal
  • REDIB(Red Iberoamericana de Innovación y Conocimiento Científico): é uma plataforma para agregação de conteúdo científico e acadêmico em formato eletrônico produzido no contexto ibero-americano, relacionado a ele em um sentido cultural e social mais amplo e geograficamente não restritivo.
  • GOOGLE SCHOLAR: é uma ferramenta de pesquisa do Google que permite pesquisar em trabalhos acadêmicos, literatura escolar, jornais de universidades e artigos variados.
  • SUMÁRIOS:  Sumários de Revistas Brasileiras (Sumários.org) é uma base indexadora de periódicos científicos brasileiros que busca ampliar a divulgação e o acesso aos periódicos científicos nacionais.